Detalhes do Artigo

Quem e o que pode ser tratado pelo fisioterapeuta esportivo?
Marco Tulio Saldanha dos Anjos - quinta, 11 de maio de 2017


O fisioterapeuta esportivo é um profissional que entende não só das lesões e disfunções relacionadas à prática esportiva, mas também do esporte em si. Sendo assim esse profissional é o mais capacitado para intervir junto a pessoas que se submetem ou que visam se submeter às demandas impostas pela atividade física e/ou esportiva, uma vez que tem conhecimentos de métodos de treinamento, fisiologia do exercício, regras esportivas, entre outros, e não só dos conhecimentos clínicos relacionados a lesões, por exemplo.

Sua atuação não se dá apenas junto a atletas (amadores/recreacionais ou profissionais), mas também em praticantes de atividade física em geral (incluindo em academias); para-atletas; ex-atletas que tenham problemas crônicos relacionados ao esporte; além de crianças, adolescentes e adultos que almejam iniciar uma determinada prática esportiva. Pode assim, atuar em clubes esportivos, federações e confederações, academias, espaços públicos para prática de esportes, clínicas e hospitais públicos e particulares, eventos esportivos, locais de prática esportiva em geral (para treinamento e/ou competições), entre outros.

A atuação preventiva é importante e o fisioterapeuta pode avaliar o praticante antes e durante o período de treinamento, identificando fatores de risco que possam ser corrigidos (como disfunções musculares, alterações anatômicas, equipamento esportivo inadequado ou treinamento excessivo) e pode propor intervenções como exercícios, órteses (como joelheiras, tornozeleiras, palmilhas), proteções contra contato (como capacetes e caneleiras), equipamentos adequados (como ajustes, dimensões e materiais de implementos como raquetes e bicicletas ou modelos de calçados), entre vários outros.




No âmbito curativo, o fisioterapeuta do esporte é o mais indicado para tratar de problemas relacionados ao esporte, incluindo problemas musculoesqueléticos (tendinites, inflamações articulares, dores crônicas nos músculos e articulações), problemas ortopédicos (pré- e pós-operatórios de cirurgias de ligamentos, fraturas, etc.), e até outros problemas clínicos relacionados ao esporte (inclusive relacionados aos sistemas cardiorrespiratório, hormonal e nervoso, por exemplo). Para tal, pode usar de recursos como exercícios (fortalecimento, alongamento, equilíbrio, agilidade, coordenação motora, etc.) específicos para a modalidade esportiva; recursos elétricos, térmicos ou luminosos para estimular a cicatrização de lesões, alivio de dor, controle de inflamação, remoção de toxinas, e recuperação muscular; uso de proteções para a prática do esporte em segurança mesmo após uma lesão, utilizando as já citadas órteses e proteções, mas também técnicas de bandagens; a regulação e dosagem do esforço físico para proteger o tecido lesado ao mesmo tempo que mantém o condicionamento físico do atleta durante a recuperação; uso de técnicas manuais (mobilizações e manipulações de tecidos e articulações) para recuperação de movimentos e alívio de dor, por exemplo. Ainda no âmbito curativo, o fisioterapeuta esportivo tem capacitação para prestar atendimentos aos atletas no local da prática do esporte, sendo, muitas das vezes o principal responsável pelo atendimento imediato após o acontecimento de uma lesão traumática.




É essencial que esse profissional tenha uma atuação integrada com os demais profissionais ligados à saúde do esportista, como médico, nutricionista, professor de educação física, psicólogo do esporte, entre outros.

A procura por um profissional fisioterapeuta especializado na área esportiva traz a certeza prática esportiva mais segura e recuperação mais rápida e eficaz de problemas relacionados ao esporte. E na SONAFE você encontra os melhores!





Sonafe 2016 © Todos os Direitos Reservados
Designed by Centersite