Detalhes do Artigo

Como se preparar para iniciar a prática da corrida de rua?
Eduester Lopes Rodrigues Crefito4 - 68768F - sexta, 28 de julho de 2017


A corrida vem conquistando cada vez mais novos adeptos no Brasil e no mundo, visto que, correr é extremamente democrático, prático, de fácil acessibilidade e de custo – benefício relativamente baixo. Além disso, é praticamente a base da maioria dos esportes e está presente em grande parte das nossas atividades diárias.

A caminhada e/ou corrida didaticamente é dividida em três fases que são repetidas sequencialmente: apoio inicial (contato do pé com o solo), impulsão (final do contato/retirada do pé e dos dedos do solo) e balanço (fase em que a perna não está em contato com o solo).

A escolha de um calçado ideal é preponderante, para as pessoas que desejam dar início à prática da corrida. Ele deve, simultaneamente, fornecer bom amortecimento (mais macio, principalmente, na parte de trás do calçado) e uma rigidez relativa que permita o controle eficaz dos movimentos que acontecem quando o pé está todo no chão (mais duro na parte interna do calçado), uso de roupas adequadas que mantenham a temperatura corporal de acordo com o ambiente externo (menos roupa no calor mais roupa no frio) e um local seguro para treinar de preferência em terrenos inicialmente regulares, são fatores relevantes e que devem ser também considerados.

Para a corrida o organismo utiliza fontes energéticas provenientes da alimentação e de reservas corporais, como combustível para os músculos. Além disso, é importante uma alimentação pré-treino, cerca de 40 minutos à 1 hora, basicamente de alimentos de fácil digestão, com pouco teor de fibras e gorduras, preferencialmente ricos em açúcares simples (não usar “barrinhas” de cereal e/ou proteína). Ingerir ao menos 500ml de água e/ou isotônico antes do treino, se possível a cada 15 minutos reidratar-se ou logo que possível. A hidratação é essencial!

As informações discutidas acima demonstram a necessidade da intervenção de uma equipe multidisciplinar (médico, fisioterapeuta, educador físico e nutricionista) antes de iniciar a prática da corrida. Exames clínicos, laboratoriais, avaliações físicas e fisioterápicas auxiliam na manutenção e otimização do desempenho biomecânico e cardiovascular, utilização de movimentos corretos, harmônicos e precisos (menor gasto de energia e compensações), identificação de desequilíbrios musculares, podendo assim, prevenir lesões. A escolha de uma boa equipe é fundamental para o sucesso na corrida, lembrando sempre que o programa de treinos é individualizado, pois, cada pessoa tem objetivos e respostas diferentes perante o treinamento.

Correr é libertador!!!!

Divirtam-se e bons treinos. Eduester Lopes Rodrigues – Fisioterapeuta | Crefito4 - 68768F/SONAFE 270

Thales Fernandes de Castro – Atleta Paraolímpico



Sonafe 2016 © Todos os Direitos Reservados
Designed by Centersite